Xote Júlio de Castilhos

Zequinha Silva

Compositor: Não Disponível

Querência amada, Júlio de Castilhos
Cidade de brilho onde eu nasci
Fica situada no alto da serra
Ó querida terra vou cantar pra ti

És capital do gado charolês
Glórias camponês, povo hospitaleiro
É o Rio Grande tua tradição
E a palma da mão desse chão brasileiro

Tem tanta prenda linda e carinhosa
Que parece rosa ainda em botão
Tem uma emissora de grande potência
É o som da querência desse meu rincão

Mesmo distânte vejo tuas belezas
Pela natureza fostes colorida
Solo bendito que me viu menino
Me fez o destino dar-te a despedida

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital