Amigo

Zequinha Silva

Compositor: José Marcos Melo Da Silva Zequinha Silva

Amigo palavra simples
Tão fácil de pronunciar
Difícil de definir
Que sujeito ruim de achar
Muitos dizem sou amigo
Deste fulano de tal
De repente todos fogem
Quando vê o fulano mal

Eu tenho experiência própria
Sobre amizades leais
Mas reconheço a tortura
Que uma falsidade faz
Explico por meios fáceis
De poeta simples sem ciência
Há muitas piadas de graça
Só pra enganar a aparência

Bem antes da minha existência
Já no principio do mundo
Existiu a falsidade
Sobre o amor mais profundo
Judas traiu Jesus cristo
Que até ao calvário levou a cruz
E ninguém soube impedir
O mal que fizeram a Jesus

Eu tive muitos amigos
Desde os tempos de guri
De repente fui traído
Sob o abismo caí
Meus amigos se afastaram
Pra julgar meu triste fim
Todas as pedras que acharam
Atiraram contra mim

Mas assim não foram todos
Tive amizade sincera
De amigo que eu tinha antes
Que ainda me considera
Mas pra aqueles recalcados
Meu conselho derradeiro
Não deseje mal aos outros
Que pode cair em si primeiro

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital